Como montar a composteira Humi

Após receber algumas dúvidas de clientes em relação a como montar a Composteira Humi, decidimos fazer um vídeo com as principais dicas e orientações em relação à sua instalação:

IMPORTANTE
Desde julho de 2018, tiramos a mistura de húmus/composto + serragem do nosso Kit Compostagem, visto uma parte do húmus descia para a coletora pelos furos da digestora. A digestora inferior pode ser forrada com qualquer matéria vegetal seca; como folhas, serragem, grama ou palha. Até o papelão da própria caixa de embarque da Humi pode ser picado e usado para forrar a caixa do meio. Após fazer essa forração, regue para o conteúdo ficar úmido.

ATENÇÃO: As minhocas devem ser colocadas na caixa de cima.

Humi (plug and play)

O fato da coletora da Humi possuir pés, elimina a necessidade de construir, comprar, adaptar ou improvisar um suporte para que a torneira fique elevada.

O fundo da coletora possui queda d’água que direciona todo o composto líquido para a torneira que está abaixo no nível, desta forma, elimina a necessidade de colocar um calço no lado oposto à torneira para direcionar o líquido para a saída.

A ilha da coletora dispensa a necessidade de colocar um tijolo para ajudar as minhocas a retornarem para a caixa do meio e não morrerem afogadas. Nesse sentido, diferentemente das composteiras convencionais, a Humi é plug and play, basta encontrar o local e instalar.

 

Instalação da Torneira

O ponto “mais complexo” na montagem da Humi é a instalação da torneira. Os espaços para encaixar os anel de plástico e o anel de borracha da torneira foram projetados sob medida para evitar vazamentos. Desta forma, é necessário fazer uma força para encaixar os 2 anéis. Para facilitar esse encaixe, coloque a parte reta do anel de borracha virado para a parede da coletora. Nessa posição ele entrará mais fácil.

Mesmo assim, ainda será necessário fazer uma força para os anéis encaixarem na coletora. Uma dica é apertar as “orelhas” do anel de plástico com a ponta do cano da torneira e se necessário, enfiar o dedo pelo buraco para empurrar os anéis um pouco para baixo.

Ao rosquear a torneira, se a ponta do cano da torneira estiver um pouco inclinado apontando para cima, force um pouco a torneira para o cano entrar no sentido paralelo ao piso, para ele entrar no “túnel” situado depois dos encaixas dos anéis. De o cano estiver inclinado, ele não entrará do “túnel”.

 

Primeira digestora

Com a torneira instalada, coloque a primeira digestora em cima da coletora e forre essa caixa com qualquer matéria vegetal seca; como folhas, serragem, grama ou palha. Até o papelão da própria caixa de embarque Humi pode ser picado e usado para forrar a caixa do meio. Após fazer essa forração, regue para o conteúdo ficar úmido.

IMPORTANTE: Não coloque as minhocas nessa caixa.

Montagem do anel  e segunda digestora

Para uma digestora não entrar dentro da outra, é necessário usar o anel de apoio. Coloque o anel em cima da primeira digestora e logo acima a segunda digestora. Nessa caixa, coloque o conteúdo do Pacote de Minhocas e espalhe para forrar o fundo da caixa. Os resíduos orgânicos serão colocados nessa caixa.

IMPORTANTE
Sempre cubra completamente os resíduos orgânicos com serragem ou outra matéria vegetal seca. Na ausência de matéria seca, recomendamos que não coloque os resíduos orgânicos na Humi. Esse procedimento evitará infestações de mosquitos, drosófilas e bigatos.

 

Cartão Informativo

Decidimos por produzir um cartão informativo para evidenciar o que pode colocar à vontade, o que pode colocar moderadamente e o que não dever ser colocado na Humi. Essas informações foram impressas em um cartão semi-rígido para ser fixado acima do baldinho de resíduos orgânicos ou na geladeira com ímã. Apesar da Humi receber preticamente todos os resíduos orgânicos da residência, o cartão possui a função de conscientizar frequentadores, hóspedes e visitas em relação à separação adequada dos resíduos orgânicos.

 

Baldinho de Resíduos Orgânicos

Normalmente, o baldinho de resíduos orgânicos é colocado fica em cima da pia da cozinha, ou em algum lugar de fácil acesso. Para evitar infestação de mosquitos é muito importante que o baldinho de resíduos orgânicos tenha tampa e que fique constantemente fechado.

Como os resíduos orgânicos serão encaminhados diretamente para a composteira, não há necessidade de colocar sacolinha plástica no baldinho. Uma dica para facilitar a limpeza do baldinho é colocar matéria seca no balde antes de colocá-lo na cozinha. Desta forma, os resíduos orgânicos não encostarão no fundo do balde.

 

 

Deixe seu comentário
2 respostas
  1. João Carlos da Costa
    João Carlos da Costa says:

    Acabei de fazer uma Oficina na minha cidade de Florianópolis, SC, na COMCAP, com nome de Minhoca na Cabeça, e aprendemos diferente do que você mostra no vídeo.

    Você mostra no vídeo que a 1ª caixa vai apenas o composto de Serragem.

    Aprendemos que na 1ª caixa vai: primeiro a Serragem; depois o Composto; depois as Minhocas; depois os resíduos da cozinha; depois a Serragem cobrindo tudo.

    Por que, que a montagem que você mostra é diferente?
    Qual é a finalidade de o Composto de Serragem ficar somente ele na 1ª caixa?

    O Professor da nossa Oficina, nos informou que podíamos tirar algumas dúvidas no Site de Vocês!
    Mas está diferente do que aprendemos!

    Desde já agradeço pela atenção dispensada.

    Atenciosamente,

    João Carlos

    Responder
  2. Claudio
    Claudio says:

    Olá João Carlos,
    Na verdade, não há um “rigor” referente ao material que deve ser colocado no fundo da digestora para fazer essa forração. Pode ser serragem, pode ser terra preta, pode ser até papelão. No nosso caso, usamos serragem com um pouco de húmus… mas se fosse apenas serragem, tudo bem também. A idéia nesse caso é apenas para fazer uma camada entre o plástico da caixa e os alimentos que serão colocados no minhocário. Como colocamos as minhocas na caixa de cima, e o pacote de minhocas já contém substrato suficiente para forrar o fundo da caixa, não há necessidade de colocar mais material na caixa de cima para essa forração.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *